Libertação

 

A coisa que mais se ouve quando você quer ser mãe é que a vida muda, que filho prende, que não se pode mais fazer o que se fazia antes. A vida muda, sim, mas o que vem não é uma prisão, e sim uma libertação.

Ter filho nos liberta da futilidade, do desamor, da depressão. Tira a vergonha da nossa cara e do nosso corpo. Nos liberta da solidão, da angústia, do supérfluo. Bota nossos pés no chão e nas nuvens ao mesmo tempo. Nos liberta do senso comum, do julgamento, da negação, do rancor.

Nos liberta da cegueira social, da falta de vontade, da preguiça. Nos tira da frente da TV e de cima da cama. Tira o vazio do peito pra dar lugar a um coração que aumenta de tamanho a cada dia.

Nos liberta, acima de tudo, do egoísmo. Porque depois de parir um filho, você vira mãe do mundo.

 

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s